Resenha - O Melhor de Mim | Nicholas Sparks

O Primeiro Amor Deixa Marcas Para a Vida Inteira

Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. 

Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. 

Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois. Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre. Num romance envolvente, Nicholas Sparks mostra toda a sua habilidade de contador de histórias e reafirma que o amor é a força mais poderosa do Universo - e que, quando duas pessoas se amam, nem a distância nem o tempo podem separá-las.
"Foi então que Amanda entendeu, com o distanciamento que os anos e a maturidade trazem, quanto ele a amava naquela época. E quanto ainda a amava agora, algo sussurrou dentro dela. De repente, ela teve a estranha sensação de que tudo o que tinham vivido era apenas os primeiros capítulos de um livro ainda sem conclusão."
Foi na primavera de 1984 em que Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram, ambos viviam de modos completamente diferentes, mas isso não impedia o amor que sentiam um pelo outro. Dawson infelizmente nascera em uma família de marginais, e ele acreditava que o que ele sentia por Amanda podia mudar seu destino obscuro. Amanda era uma menina bonita e sonhadora. Sonhava em estudar em uma respeitada universidade. A jovem nascera em uma família tradicional em Oriental e achava em seu namorado Dawson uma fortaleza e paz onde não encontrara em nenhum outro lugar.

Para a infelicidade do casal o último ano do colegial chegou e os afastou de uma forma muito triste e terrível. Passaram-se vinte e cinco anos e eles se reencontraram em Oriental para o velório de um velho amigo do casal, Tuck Hostetler, foi ele que deu abrigo a Dawson, e ajudou o casal em momentos difíceis, tornando-se amigos.

Antes de morrer, Tuck deixara algumas cartas para o casal, e com isso, eles puderam reacender a chama desse amor que fora apagada a muitos anos atrás. Na verdade perceberão que nunca esqueceram daquele primeiro amor. Mesmo se amando muito, Amanda e Dawson, vão perceber que não são como aqueles jovens de vinte e cinco anos atrás.

Neste livro, Nicholas Sparks comprova que mesmo que se tenham passado décadas, o verdadeiro amor nunca de apaga. Uma história emocionante que vai conseguir arrancar algumas lágrimas e sorrisos do leitor.

Um comentário:

  1. Sem dúvidas, um dos melhores livros do Nicholas. Um dos meus favoritos. Lembro de uma pessoa que passou em minha vida.
    Ótima escolha.
    Sucesso!


    sessentaenovecontossecretos.blogspot.com
    [+++18]

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?