Resenha - Assessoria, Consultoria & Serviço Social

Os textos aqui reunidos são de fundamental importância para todos os que se preocupam em desenvolver seu exercício profissional numa perspectiva crítica e compromissada com a construção de uma sociedade mais justa, mais igualitária e realmente emancipada. A obra, lançada originalmente  em 2006, sob outro selo editorial, ocupará, a partir desta 2ª edição, revista e ampliada, lugar de destaque no acervo da Cortez Editora.

A inclusão de um novo texto, que analisa o protagonismo do fórum em defesa da saúde  pública, enriquece ainda mais o conjunto de aportes trazidos por este livro, no que diz respeito aos dilemas que comparecem na intervenção de assistentes sociais e de profissionais de áreas afins, que buscam imprimir em seu fazer cotidiano a perspectiva ético-política construída ao longo das últimas décadas no Serviço Social. 

A assessoria de imprensa é um dos instrumentos de Comunicação desenvolvido para as organizações, e insere-se nas atividades da área de comunicação. Ao contrário do que alguns equivocadamente pensam, a tradução do inglês Publicity não tem a ver com Publicidade, mas com assessoria de imprensa. Sua principal tarefa é tratar da gestão do relacionamento entre uma pessoa física, entidade, empresa ou órgão público e a imprensa.

No Brasil, os profissionais que desempenham a função de Assessoria de Imprensa costumam ter formação em Relações Públicas ou em Jornalismo. Em alguns países, a função não é exatamente de um jornalista, mas pode ser feita também por relações públicas e pessoas com formação em comunicação. Já em Portugal, não existe um acesso restrito à profissão e só muito recentemente algumas instituições universitárias lhe dedicam algumas matérias inseridas em cursos de comunicação e jornalismo.

Segundo a explicação contida no website de uma empresa de assessoria de imprensa brasileira e que ressalta bem as peculiaridades dessa atividade, ainda há muita confusão entre assessoria de imprensa e publicidade. Entretanto, são formas de comunicação distintas. A publicidade utiliza-se de espaços pagos (anúncios) em mídia eletrônica ou impressa, de um produto, serviço ou empresa. Assessoria de imprensa é uma forma de se conquistar cobertura editorial (reportagens, notas em colunas etc.) nestas mesmas mídias, com apelo noticioso e não comercial.

Uma Assessoria de Imprensa trabalha para um assessorado, que pode ser um cliente particular ou uma instituição. Empresas, pessoas físicas como "personalidades públicas", médicos, advogados, músicos e instituições e organizações como empresas estatais, autarquias, governos, partidos, sindicatos, clubes, ONGs, ou indivíduos, entre outros costumam utilizar serviços de assessoria de imprensa. O interesse pela assessoria, em geral, é determinado pela geração de informações de interesse público.

O serviço social é uma profissão de curso superior cujo objeto de intervenção são as expressões multifacetadas da questão social. Tem contribuições da sociologia, psicologia, economia, ciência política,antropologia, ética. O Serviço Social é uma profissão de caráter sócio-político, crítico e interventivo, que se utiliza de instrumental científico multidisciplinar das Ciências Humanas e Sociais para análise e intervenção nas diversas refrações da “questão social”, isto é, no conjunto de desigualdades que se originam do antagonismo entre a socialização da produção e a apropriação privada dos frutos do trabalho.

O Assistente Social/Bacharel em Serviço Social é o profissional qualificado que, privilegiando uma intervenção investigativa, através da pesquisa e análise da realidade social, atua na formulação, execução e avaliação de serviços, programas e políticas sociais que visam a preservação, defesa e ampliação dos direitos humanos e a justiça social. Já a Consultoria é a atividade profissional de diagnóstico e formulação de soluções acerca de um assunto ou especialidade. 

Como campos de atuação profissional podem ser citados: equipamentos da rede de serviços sociais e urbanos das organizações públicas, empresas privadas e organizações não governamentais como: hospitais, escolas, creches, clínicas, centros de convivência; administrações municipais, estaduais e federais; serviços de proteção judiciária; conselhos de direitos e de gestão; movimentos sociais; instâncias de defesa e de representação política.

Uma obra repleta de dicas e observação para os profissionais de demais áreas, não apenas aos que estão sendo citados no livro. Ele engloba assuntos/temas que estão em evidência no mercado. A cada parágrafo uma nova ideia - por sinal todas muito bem desenvolvidas e repletas de detalhes. Indicado para todas as idades e profissões que são necessárias o contato com o público. 

3 comentários:

  1. boa tarde! Então nós assistentes sociais, devemos sempre estarmos bem infomados quanto a realidade da sociedade brasileia, o que vem acontecendo de modiicações na socidade , para intervirmos críticamente na sua melhoria, enquando uma sociedade pluralista....Na assessoria quanto na consultoria é fundamental que possamos dar a nossa contribuição para o melhoranmento das relações sociais

    ResponderExcluir
  2. Caro Alessandro e bem isso se também entendi, já somos contemplados com nosso código de ética que nos comunica em seu:
    Art. 4 Competência do Assistente Social ,
    VIII - prestar assessoria e consultoria a órgão da administração publica direta e indireta, empresas privadas e outras entidades, com relação ás matérias relacionadas no inciso II deste art;
    IX - prestar assessoria e apoio aos movimentos sociais em matéria relacionada às políticas sociais, no exercício e na defesa dos direitos civis, políticos e sociais da coletividade;"
    Art Constituem atribuições privativas do Assistente Social;
    III - assessoria a órgãos da administração pública direta e indireta, empresas privadas e outras entidades, em materia de serviço social;
    segundo (Matos, 2006) a partir disso, trabalha-se com a perspectiva de que existem na atualidade três frentes de assessoria, em potencial a serem desenvolvidas ou aprofundadas por nós profissionais Assistentes Sociais, estou bem informado e pretendo atuar dentro dessa linha profissional ate concilio minha outra profissão como Técnico de Segurança no Trabalho, é uma prestação de serviço bem agradável você tem que ter esses conhecimentos sobre políticas publicas e sociais e participar dos acontecimentos no cotidiano, gostei do artigo.
    aquele abraço social

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?