Resenha - O Lado Bom da Vida | Matthew Quick

Em O Lado Bom da Vida nos deparamos com o personagem principal, Pat Peoples, que foi internado em uma instituição psiquiátrica há um longo tempo, que se recusa a aceitar, e então se convence que foram apenas alguns meses no "lugar ruim".

O que Pat não sabe é o que o fez parar naquele lugar, pois perdeu a memória por completo, e aos poucos tenta recuperá-la tomando fortes remédios todos os dias pela manhã. A única coisa a qual se recorda é que sua esposa, Nikki, pediu um "tempo separados", ou seja, ao sair do lugar ruim, a primeira coisa que lhe vem a cabeça é a busca pela reconciliação com seu amor, e com isso ele batalha para conseguir o que quer, mesmo que, a princípio, o destino não conspire a seu favor.

Antes disso tudo acontecer, Pat trabalhava na mesma escola que Nikki, ambos eram professores. Assim que Nikki pediu um tempo separados, como perdeu a memória, e consequentemente o motivo da separação, ele se convenceu de que estava acima do peso  o que realmente fazia sentido, já que havia engordado cerca de 30kg —, então começou a correr, fazer flexão e etc, todos os dias, mesmo após de ter chego em casa. Pat há anos havia se tornado um viciado em exercícios físicos. Ele tem 30 anos, mas após emagrecer e ficar forte, incrivelmente definido, ninguém dizia a sua real idade, pois aparentava ser infinitamente mais jovem.

Apesar de todas as mudanças, Pat teve de aceitar o seu pai, Patrick, se negando a falar com ele, e sua mãe, que vira-e-mexe estava chorando pelos cantos. O rapaz sempre foi fascinado por futebol, mas atualmente (já que não sabe a quanto tempo isso de fato acontece), quando o seu time  o mesmo do seu pai, irmão e amigos  perdia, seu pai ficava de cara feia e brigava diversas vezes com sua mãe. Ela não aguentava mais isso. Um belo dia ela resolve fazer greve, impondo regras, e enquanto elas não fossem cumpridas, sua mãe, Jennie, não voltaria para casa. Isso, bem ou mal, estava gerando um conflito na família, e Pat se culpava o tempo todo por tudo isso estar acontecendo.

Pat tem um amigo chamado Ronnie, e sua esposa se chama Veronica, ao saberem que Pat já estava em casa o convida para jantar em sua casa; Veronica chama sua irmã, Tiffany, mas sem Pat saber; eles não se conheciam. Tiffany no jantar é seca e estranha, ao final da noite, ousada. Isso assustou Pat. Ela continuou sendo estranha por muito tempo, até que, finalmente o destino o permite saber tudo o que deseja. Ou pelo menos quase tudo.

Matthew Quick nos propõe um intenso quebra-cabeça e, ao final, todas as peças se encaixam perfeitamente. Um mistério com pitadas de comédia e romance, por ora, em algumas partes, da vontade de chorar. O autor faz com que vejamos que o lado bom da vida sempre existe, não importa se você demorar a encontrá-lo; um, dois, três anos, mas sempre ele estará lá para te saudar; pode ser que ele esteja bem mais perto do que você imagina. Alguns chamam de sorte, outros de pura coincidência, mas sabemos mesmo é que o acaso não existe, pois, muitas vezes, Deus escreve certo em linhas tortas, mas tudo há de se ajeitar quando for a hora certa.

Sobre o Autor

Aos 30 anos, Matthew Quick era um respeitado professor de inglês em South Jersey que incentivava seus alunos a acreditar no próprio potencial e no poder da literatura — até o dia que se sentiu um hipócrita. Infeliz, ele largou o emprego e vendeu a casa para se dedicar ao sonho de escrever. Após três anos lidando com uma severa depressão, criou O lado bom da vida, romance que se tornou um sucesso imediato, cuja adaptaçao cinematográfica chega às telas brasileiras em 1° de fevereiro.


12 comentários:

  1. Oie :)

    Minha prima leu esse livro e simplesmente amou kkkkkk, estou louco para ler também ainda mais depois da sua resenha :D

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter gostado, Gabriel!
      É um excelente livro, vale a pena ler! :)

      Excluir
  2. Comprando já! Aliás, suas indicações são 'in'!!
    Valeu!
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Célia!
      Leia e depois me conte o que achou, ok?

      Abraço

      Excluir
  3. Bom dia,

    Gostaria de ler esse livro, apesar de não gostar de capas de livros de filmes...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marco, a capa não muda a estória, incrível, por sinal. Apesar dela combinar infinitamente com a estória. Caso for ler, tenha uma ótima leitura!

      Abraço

      Excluir
  4. Oies!
    Já faz muito tempo que quero ler esse livro, simplesmente necessário!
    Ótima resenha!
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Esse livro já tá na minha lista de desejados, *-*

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. qual o cime cometido por Pat...

    ResponderExcluir
  7. Oi adorei.. muito obrigado, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?