Resenha - Jogada Mortal | Harlan Coben

Depois de ver sua carreira no basquete profissional chegar ao fim antes mesmo de começar, Myron Bolitar trabalhou para o FBI, formou-se em direito em Harvard e hoje está à frente de uma agência de representações esportivas, que toca com a ajuda da grande amiga Esperanza. Tudo parece ir bem até que Valerie Simpson, uma tenista que já foi a maior promessa do esporte, é morta durante um jogo do Aberto dos Estados Unidos. Ao que tudo indica, a jovem estava lá em busca de Myron, mas foi encontrada antes pelo assassino. Myron não imagina por que Valerie foi atrás dele, mas se sente culpado por não tê-la encontrado a tempo. 

Para piorar, seu cliente mais importante, o tenista Duane Richwood, se torna o principal suspeito do crime. Em busca da verdade, Myron descobre que a jovem vinha sendo assediada por um fã obcecado desde o início da carreira. Além disso, seis anos antes, ela estava prestes a ficar noiva do filho de um senador quando o rapaz foi morto sob estranhas circunstâncias. Enquanto tenta desvendar o assassinato da tenista, Myron se tornará um obstáculo para os interesses da máfia, de um político poderoso e de uma família influente. Agora ele e as pessoas que mais ama podem ser as próximas vítimas.
"Estava prestes a ganhar sua primeira partida em um torneio Grand Slam quando houve o disparo." p. 13
Saiba o que acontece no livro anterior, Quebra de Confiança. Myron Bolitar é um agente esportivo, mas quem disse que ele para por aí? Com a finalidade de defender os interesses de seus clientes, ele se dedica ao máximo para desvendar diversos assassinatos. Nada mal para quem tem como sua bebida favorita leite com chocolate frio.

Anteriormente ao seu assassinato, Valerie Simpson buscou por Myron Bolitar para que então pudesse voltar ao tênis, sua antiga carreira. Desconfiado com esse fato misterioso, Myron vai atrás de seu amigo e sócio – e ex-agente do FBI.

No meio dessa trama surge o Duane Richmond, mais um agenciado do Myron, o atleta-revelação no momento, que apesar de ser pobre e da sua pouca idade – aos 21 anos – tinha muito talento, só não era branco – o que dificultaria um pouco ele permanecer de fato em campo e ser ainda mais reconhecido. Como se não bastasse, ele é um dos suspeitos pela morte da Valerie Simpson, que buscava retornar ao esporte. Seria isso uma coincidência ou um grande mal entendido?
"Ele tinha dado um último e breve abraço. Ouviram-se vozes abafadas, porém Myron não conseguiu discernir nenhuma palavra. Duane olhou primeiro para a esquerda, depois para a direita e então se afastou. A mulher já estava começando a fechar a porta, mas olhou para o corredor uma última vez. E foi então que Myron a viu." p.154
Como sempre, não canso de dizer: Sou apaixonada pela narrativa do autor, acho fantástica a forma na qual ele faz a amarração de cada história, cada personagem, sem perder o foco do primeiro livro. É impossível anexar uma dose de humor à assassinatos que pessoas próximas? Bom, não para o Harlan. Sem dúvidas é o melhor autor de Literatura estrangeira/Policial da atualidade – vale deixar claro que esse é o meu ponto de vista. Jogada Mortal fora publicada no Brasil pela Editora Arqueiro em fevereiro de 2012.

14 comentários:

  1. Muito interessante o livro, quero mt ler algo do autor. Esse estilo dele escrever é fantástico.

    Querida, quer participar da gincana do meu blog? É só enviar uma foto de seus livros ou de sua estante e concorrerá ao livro: Mundo das Sombras - Vampiro Secreto.

    clicandolivros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lú Miranda!

      Somos apaixonados pela escrita do Harlan Coben, ele consegue amarrar muito bem uma trama.

      Att.

      Equipe Estante Seletiva

      Excluir
  2. Ameeei a resenha, Wan!! :D

    Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Eu também adoro o Harlan *-*
    Esse livro ainda não li, mas está na minha lista!
    Adorei a sua resenha e fiquei ainda mais animada para ler :)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  4. Gostei da sua resenha, assim como você curto muito os livros do Coben e achei super bacana essa história.

    Abraços
    www.entrepaginasdelivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada do autor, mas tenho muita vontade, esse livro parece ser legal, não sei por qual vou começar, talvez por essa série do Myron parece ser ótima, adorei a resenha.

    beijos, Lu
    Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lu!

      Comece pela série Myron, é sensacional. Na verdade, todos os livros dele são ótimos!

      Att.

      Equipe Estante Seletiva

      Excluir
  6. Nunca li nenhum livro do Harlan, mas sempre vejo resenhas em blog dizendo que são ótimos! Tô esperando ir na livraria para poder ver se vejo algum que faça o meu gosto!

    Beijo,
    http://paraisodemenina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Beatriz!

      Não deixe de ler. Não irá se arrepender!

      Att.

      Equipe Estante Seletiva

      Excluir
  7. Não conhecia nenhum livro de Harlan, mas achei sua resenha interessante... o livro parece ser muito bom, flor! *-*

    ResponderExcluir
  8. Olá muita boa dica! vem me conhecer http://enfimos18.blogspot.com.br/ se me seguir retribuo.

    ResponderExcluir
  9. Nunca li mas parece ser ótimo! Adorei demais a resenha.
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  10. O livro parece ser ótimo, e sempre vejo elogios à escrita do autor. Em breve lerei algo dele também.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Wanessa!
    Eu simplesmente amei esse livro, virei fã do autor e do Myron Bolitar, dei boas risadas com o personagem!

    Beijos

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?