Dica - O Último Patriota

Numa manhã tranquila em Paris, o ex-agente do Serviço Secreto dos Estados Unidos Scot Harvath não podia nem imaginar que em breve voltaria a se envolver com política e espionagem, enfrentando mais uma vez seu pior inimigo: o terrorismo.
A explosão de um carro-bomba na capital francesa muda por completo sua rotina pacata junto da namorada Tracy, e ele embarca numa aventura ensandecida a fim de desvendar a última revelação de Maomé – um segredo que pode transformar o islamismo em uma religião totalmente diferente da que é hoje.
Harvath salva o professor Anthony Nichols do atentado à bomba e os dois se veem obrigados a fugir das autoridades francesas. Especialista em Thomas Jefferson, Nichols vem conduzindo, por ordem do atual presidente americano, uma operação arriscada em busca das informações que o levarão a decifrar o mistério em torno da última revelação do profeta Maomé, não incluída no Alcorão.
Quem está por trás da tentativa de assassinato de Nichols é Matthew Dodd, vulgo Majd al-Din. Ex-agente especial da CIA e desiludido com a sociedade americana, Dodd se converteu ao islamismo e forjou a própria morte, passando a prestar seus serviços a fundamentalistas muçulmanos dentro e fora dos Estados Unidos.
Com uma narrativa irresistível e repleto de ação do começo ao fim, O último patriota é um thriller cativante que desafia o leitor a refletir sobre como as antigas tradições do Islã se relacionam com o terrorismo que marca o século XXI.
"Um thriller arrebatador. Este livro é para o Islã o que O código Da Vinci foi para a Igreja Católica." -Glenn Beck
No ano 632 da era cristã, o profeta Maomé compartilha com seus seguidores mais próximos uma última e surpreendente revelação que recebeu de Alá e que seria acrescentada ao Alcorão, revogando todos os versículos anteriores. Dias depois ele é assassinado, numa tentativa de impedir a divulgação desse segredo.
Passados mais de 11 séculos, Thomas Jefferson, terceiro presidente dos Estados Unidos e estudioso do Alcorão, tenta desvendar esse mistério enquanto combate os violentos piratas muçulmanos da Berbéria. Jefferson não consegue descobrir a revelação perdida de Maomé, mas deixa pistas – codificadas na primeira edição do Dom Quixote, de Cervantes – que irão guiar pesquisadores, especialistas e até agentes altamente treinados da inteligência americana na busca pelo segredo mais bem guardado do Islã.
Quando um carro-bomba explode diante de um café em Paris, o ex-agente do Serviço Secreto americano Scot Harvath é lançado de volta à vida que tentou desesperadamente deixar para trás.
Ao salvar o professor Anthony Nichols, que seria o alvo do atentado, Harvath acaba se envolvendo em uma corrida incrível e perigosa para desvendar um segredo poderoso, capaz de derrotar o fundamentalismo islâmico e abalar os alicerces que sustentam os preceitos da religião muçulmana.
No entanto, por mais que o governo americano esteja empenhado em trazer a verdade à tona, extremistas islâmicos estão determinados a fazer com que a revelação final de Maomé permaneça oculta. Para sempre.

2 comentários:

  1. Boa tarde,

    Não conhecia esse livro e fiquei bastante curioso, gostei da capa...tem nova promo lá no blog, passa lá...abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?