Resenha - O Duque e Eu, Familia Bridgerton - Vol.1

Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.

Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.


Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphane lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

"Mas Simon... Simon era real, e estava ali. Ela conhecia a sensação de tocar o rosto dele, de rir em sua presença. Conhecia o sabor doce de seu beijo e o ar zombeiro de seu sorriso. Ela o amava."

Bastardo! Esse adjetivo era muito usado para se referir a Simon Basset, o duque de Hastings. Ao chegar em Londres, depois de ter viajado pelo mundo durante seis anos, ele ainda continua com a mesma ideia fixa: não se casar. Entretanto, isso não é tão simples como parece, para isso não acontecer ele precisa de um plano genial. Para executar esse plano Simon convida Daphane Bridgerton - a irmã de seu melhor amigo - para fazer parte dele. 

Daphane é uma pessoa com um gênio muito forte, porém graciosa. Mas para o azar dela, todos os homens que querem casar com ela ou são velhos demais, ou idiotas. Sem nenhuma gota de elegância, sempre. E os outros homens só a veem como uma boa amiga. Qual é o plano?

O plano é fingir que o duque está cortejando Daphane, assim Simon fica livre das filhas solteiras, e ela então vai fascinar novos pretendentes. Enquanto isso não vai ser uma tarefa fácil resistir aos encantos e charmes de Simon.

O primeiro livro da série 'Os Bridgertons', O Duque e Eu, é um romance que Julia Quinn escreve de uma forma cativante e instigante, fazendo com que suas noites sejam mais longas e seus dias mais apaixonados.

Sobre a Autora

Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 8 milhões de exemplares vendidos, sendo 3,5 milhões da série Os Bridgertons. É formada pelas universidades Harvard e Radcliffe. Seus livros já entraram na lista de mais vendidos do The New York Times e foram traduzidos para 26 idiomas. Foi a autora mais jovem a entrar para o Romance Writers of America’s Hall of Fame, a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, e atualmente mora com a família no Noroeste Pacífico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou da postagem?