Resenha - Garota Exemplar | Gillian Flynn

Uma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade, Gillian Flynn apresenta um relato perturbador sobre um casamento em crise. Com 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo – o maior sucesso editorial do ano, atrás apenas da Trilogia Cinquenta tons de cinza –, "Garota Exemplar" alia humor perspicaz a uma narrativa eletrizante. 

O resultado é uma atmosfera de dúvidas que faz o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. 

Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy –, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele?

“Quando penso em minha esposa, penso sempre em sua cabeça. No formato dela, em primeiro lugar. Quando nos conhecemos, foi na parte de trás da cabeça que eu reparei, e havia algo razoável nela, em seus ângulos. Como um grão de milho duro e reluzente, ou um fóssil no leito de um rio. Era o que os vitorianos chamariam de uma cabeça belamente formada. Dava pra imaginar o crânio com bastante facilidade.”

Sempre gostei de pegar indicações de livros com amigos, para evitar gastar dinheiro - e tempo, à toa - e acabar me decepcionando com a estória. Com "Garota Exemplar" não foi diferente. A obra foi indicação de uma amiga, além do mais, conforme eu ia atualizando a lista dos mais vendidos no site da Editora Intrínseca pude perceber que o Garota Exemplar havia ultrapassado grandes livros, o que fez com que eu ficasse mais curiosa ainda; mas infelizmente ele não conseguiu superar as minhas expectativas; não logo no começo. 

Precisei de um certo tempo para conseguir me adaptar com a forma que a autora escreve. No começo a estória é bastante lenta, o que acaba se tornando massante, mas com o desenrolar dos capítulos percebi que tudo que havia sido explicado no começo tem uma certa ligação, mesmo que breve, com o restante da obra. 

Esta é a primeira vez em que leio algo da Gillian Flynn, mas após o Garota Exemplar eu de fato fiquei com vontade de ler mais coisas da autora. De uma forma, digamos, implícita  Gillian aborda temas não muito comuns - nem fáceis de serem discutidos - na atualidade, mesmo que polêmicos, como: psicopatia - como foco principal. O tema abordado foi de uma ótima escolha, entretanto, poderia ter sido melhor desenvolvido.

Um comentário:

  1. Oi Wannessa, faz tempo que Garota Exemplar tá na minha lista de leituras, mas sempre aparece outro título que me chama mais a atenção, sendo assim o coitadinho vai ficando cada vez mais no fim da fila. kkkkkk
    Mas acho que nesse fim de semana eu o pego para ler e espero não me decepcionar.

    Beijinhos
    Books and Movies
    @BooksAndMovies_

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?