Resenha - Os Herdeiros dos Titãs | Eric Musashi

Os Herdeiros dos Titãs narra o período decadente de uma civilização de quatro mil anos, quando dos desmandos de uma Rainha-Deusa e seus sacerdotes, ditos imortais. DE LUTAS E IDEAIS, a primeira parte dessa aventura, apresenta o drama familiar de Téoder, maior herói de seu tempo, mas que foi levado a assassinar a própria esposa por ordem da Rainha. Arion, seu filho, é um revolucionário que evita o pai a todo custo. Mas quando ele passa a fugir das autoridades, deixando um rastro de sangue pelo caminho, um reencontro se torna cada vez mais necessário, trazendo à tona feridas antigas provocadas por um crime imperdoável. É o primeiro volume de três que sairão pela GIOSTRI. É um romance épico, com inúmeros núcleos de ação.



"Essa sensação de se "estar em outro lugar" o levou de forma inevitável às preocupações que fazia força para esquecer, sobre pessoas que não via há anos. Lembrou-se de seu filho Arion. Como estaria agora? Teria uma vida boa, com as terras que herdara? Será que já estaria casado com a jovem Ariádan? Provavelmente sim."

Finalmente leitores, vocês estão prestes a ler a resenha de Os Herdeiros dos Titãs. Demorou um pouco a sair por conta da quantidade de livros que já tinham sido lidos mas ainda faltava a resenha, e até mesmo livros lidos e resenhados, porém ainda no word, na fila de espera para as postagens, pois, como vocês sabem, o Estante Seletiva está com uma nova equipe, ou seja, agora voltamos com as postagens diárias, esperamos que gostem!

Uma palavra para definir o livro? Poderoso. Sim, gente, isso mesmo que vocês leram, o livro é muito poderoso. Leia a resenha e o livro que vocês entenderão o por quê. Só não posso ficar falando muito porque corro o risco de soltar um spoiler e acabar com toda a graça do livro, agora vocês ficarão curiosos. Adoro isso.


"O castelo era muito alto, e como a cidade estava numa planície, da sacada ela podia ver um risco azul escuro, além das muralhas, quase onde sua visão não alcançava mais. Estava ao Sul, e era o Rio dos Bosques[...]. E ali ficou, enquanto a noite passava tranquila."

Assim que recebi em parceria com a Editora Giostri e li, não consegui definir ao certo qual é o público-alvo do livro - e até hoje não consigo. Digamos que ele não seja destinado à infanto-juvenil nem mesmo aos jovens adultos. Ele segue uma linha de complexidade, porém ao mesmo tempo repleto de sutileza e simplicidade, ora na escrita, ora nas atitudes dos personagens. 

Por falar em personagens, vou dar uma passada geral para vocês terem uma noção de como eles são e suas características. Apesar de serem todos jovens, nenhum possui uma identidade de acordo com os personagens dos demais livros deste mesmo gênero, e quando têm, são poucos os traços de semelhança. A não ser pelos temas contidos na obra, que se são de fato da juventude, com exceção de alguns. Uma linguagem desde o início repleta de expressões com um sotaque gaúcho, e com lugares desconhecidos. Uma obra sensacional, muito bem escrita e cativante.

Sobre o autor: Nascido em Campo Grande-MS em 10/10/1985, Eric Musashi é autor e pesquisador, atualmente concluindo a sua graduação em Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Dedica-se à criação do universo de suas obras desde 2003, com a publicação da primeira delas, Os Herdeiros dos Titãs, em 2011.

9 comentários:

  1. De tirar o fôlego não?
    adorei a resenha

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Parece ser shoooowww!! Bjss, Aline (curto a fanpage!!!)

    ResponderExcluir
  3. Gosto de livros assim, carregados com contextos históricos. Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  4. Olá Wanessa,

    Mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog, achei bem interessante e a capa é bem legal...parabéns pela sua resenha...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  5. Humm não gosto muito de romances... Você escreve bem hein, boa resenha!

    Adorável Tédio | Fã Page

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?