Resenha - Aproveite Cada Sanduíche


E VIVA CADA DIA COMO SE FOSSE O ÚLTIMO

Uma verdadeira celebração da vida, este livro é o legado de um médico após receber o diagnóstico de um câncer fatal. Sua reflexão pessoal e profunda lembra a todos que ao invés de temermos a morte, devemos aproveitar a vida, desfrutando dos momentos bons e aprendendo com os não tão bons, sem jamais perder de vista o que realmente importa e como ter a coragem de viver como sempre sonhamos.

Lee e Kathy são casados, ambos médicos, e têm dois filhos, Cheryl e Will, os quais eles são completamente apaixonados. Certo dia, quando Lee foi comer o seu sanduíche favorito, percebeu que algo estava errado. A comida não descia, nem voltava (o que conhecemos como refluxo). Beber água só fez com que a situação piorasse. Com a sua - sábia - mente de médico, se assegurou de que aquilo não era normal, e temia o pior.

"O medo de morrer vem do medo de viver. O homem que vive plenamente está preparado para morrer a qualquer momento" 
– Mark Twain

No dia seguinte, Lee fizera todos os exames cabíveis, e foi detectado que ele estava com um adenocarcinoma do esôfago distal – também conhecido como Câncer Esofágico – ou seja, ele tinha 75% de chances de morrer nos 18 meses seguintes e 90% de chances de morrer nos próximos cinco anos. 

E se, no lugar de Lee, fosse você, o que faria nos seus últimos meses de vida?

Em "Aproveite Cada Sanduíche", o Dr. Lee Lipsenthal compartilha conosco sua história de vida, mostrando-nos a importância do amor, família e amigos, e tudo isso, sem se prender aos bens materiais. Aprendemos a viver cada dia como se fosse o último, desfrutando cada momento ao máximo, afinal, não estamos aqui por acaso, temos uma missão a ser cumprida e objetivos a serem alcançados, mas nada disso seria possível sem que pudéssemos acreditar - e focar - no nosso eu interior e vivenciar o "Aqui, Agora".


6 comentários:

  1. Gostei da dica! Não conhecia o livro e parece ser super legal. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luara!

      De fato é uma obra maravilhosa!

      Att,
      Equipe Estante Seletiva

      Excluir
  2. Respostas
    1. Olá, Alice!

      É muito emocionante!

      Att.

      Equipe Estante Seletiva

      Excluir
  3. Boa noite,

    Não conhecia o livro e me parece interessante...tem resenha nova no blog....abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Achei inusitado o título do livro, em um primeiro momento me deixou bem curiosa. Até achei o tema interessante, mas não sei se leria. É que o tema, apesar de me interessar, costuma cair muito na receita/clichê de história de esperança, missão, suporte da família e do amor. Enfim, sei que não mencionou fé nem nada do tipo, mas esse tipo de livro me sugere algo como o Para Sempre, cuja leitura detestei.

    Bj, Livro Lab

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?