Resenha - De Solas e Asas | Andréia Pires

Arranjo de história breves e simples que saltaram do universo de lápis de cor e recortes de papel colorido do blog Solstícios, De solas e asas reúne narrativas sobre a vida em vertigem, amarradas pelo discreto fio da lembrança que habita o verso do sapato, as brechas no tempo e a verdade da escrita.
"O tempo passava e passava e a dúvida crescia e crescia e a princesa de papel sulfite percebia que estava perdendo o controle de si, que sua ansiedade e impaciência estavam causando rasgos e fissuras na própria pele de papel, o que naturalmente doía. Da dor sabia que não gostava. A dor insistente indicava que seria preciso fazer alguma coisa, tomar providências, decidir. Mas como? Como resolver ir ou permanecer, aceitar ou recusar, abrir a porta ou trancar, se havia passado a vida aprendendo a andar no meio-fio, entre o dentro e o fora, entre ser e não ser?" p.12
De Solas e Asas  uma obra, no mínimo, diferente. A partir de uma escrita tranquilizante e mágica, a autora nos apresenta uma aventura inesquecível entre o mundo fantástico e o real, oscilando por essas, na qual, muitas vezes perdemos o senso do que realmente está a nosso alcance e, por vezes, coisas que estão ao nosso redor, mas por falta de imaginação nos privamos de enxergá-las e fazer com que elas participem, de alguma forma, do nosso dia-a-dia. Fada, duende, dragão, príncipe e princesa – mesmo que de papel sulfite –, esses são apenas alguns nomes, lembrados muitas vezes apenas por crianças, mas que na verdade, é um imenso passo a diante ao que nos faz crer que nem o céu é o limite.
"Amor é amor ou é também invenção do discurso? Eu não sei. E queria poder parar tudo: o tempo dentro desse quadro psicodélico de Dalí e mover as personagens para os lugares que eu entendo mais acertados. Começaria me movendo, apesar de ter a vaga certeza de que no final da composição sobraria a mim, na borda da pintura, no canto da moldura, triste por restar encantada ao admirar como as histórias funcionam bem quando me coloco na posição tímida da plateia." p.65
Quem vê a capa e não lê a sinopse – ou até mesmo quem lê – pode pensar que se trata de um livro infantil e sem nada a acrescentar a vida de um adulto, mas não, muito pelo contrário. Se trata de uma obra marcante e, desde a primeira página, comovente. Quem nunca ouviu falar na famosa frase da Clarice Lispector: "Não era mais uma menina com um livro: era uma mulher com seu amante."? Essa frase é pertinente e verdadeira, pois retrata em linhas o que sentimentos, a certo ponto, não são mais capazes de expressar. Este não é apenas mais um livro "infantil". Acredite! O destino que o diga. 
"Eu acreditava na sola gasta dos meus sapatos. Podia jurar que nelas moravam um pedaço de coragem e um tanto de memória." p. 69
Músicas indicadas como trilha sonora para obra:

  • Tendo a Lua - Os Paralamas do Sucesso
  • Bound To You - Christina Aguilera
  • J'Y Crois - Vitaa
  • Colorir Papel - Jammil e Uma Noites
  • Há Uma Lenda - Floribella
Adquira já seu exemplar clicando aqui!

Sobre a Autora

Andréia Pires nasceu no Rio Grande - RS, de onde nunca saiu. É jornalista, Mestre em História da Literatura e experimenta a escrita criativa desde 2009.

19 comentários:

  1. me parece um bom livroo!

    http://luannaravanelli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, eu não conhecia, foi muito bom passar aqui.
    Beijinhos no coração.
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia e me interessei. E sabe qual é o bom de ler um livro de algum escritor(a) brasileiro(a)? É que, TODOS os lugares que são mencionados nos livros, a gente conhece e sabe onde é, e a estrutura do lugar e tudo.

    Xx
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thami!

      Realmente! Autores nacionais acabam tendo uma proximidade maior para com os leitores, diferente dos autores de fora. Essa é uma, entre as vantagens, de ler autor nacional.

      Att.

      Equipe Estante Seletiva

      Excluir
  4. Não conhecia ainda, parece ser muito interessante!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Pela resenha parece ser um bom livro... bjokas

    ResponderExcluir
  6. Interessante quando olhamos uma capa é achamos que é um livro é infantil, isso muda quando lemos a resenha e nos interessa a ponto de querer nesse exato momento. Muito bom o post. Tem selinho pra você no meu blog.

    Bjsss

    http://blogbeyondbelief.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. oi, td bem?

    o livro parece ser bem legal

    curtindo a página do blog, se puder retribuir https://www.facebook.com/pages/Estilo-Rosa/130405190391607

    bjs

    estilorosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Parece um bom livro. Beijão <3

    @keithpappen
    www.detalhesamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Gostei da resenha, parece ser mt bom, fiquei interessada :)

    Adolecentro

    ResponderExcluir
  10. Gostei da estória...bem interessante hein
    Beijos,
    paisdas-maravilhas

    ResponderExcluir
  11. Que legal! Achei tudo muito fofo! A capa, a ideia de usar as fantasias infantis para falar da vida adulta!

    ResponderExcluir
  12. Admito que eu fui um dos que imaginou um livro infantil e bobinho ao ver a capa e ler a sinopse! Rs.
    Uma pena que, assim como eu, muitos outros se enganem tão facilmente! Mas li a resenha e vi que é muito mais que isso.
    Beijos,
    Vinícius - Livros & Rabiscos

    ResponderExcluir
  13. Oi Wanessa, assim como você disse: quem somente visse a capa e lesse a sinopse, pensaria que era um livro infantil. Pensei que fosse. Gostei de saber, pela sua resenha, que não é assim. Parece ser um livro bem diferente dos que estou acostumada a ler, mas gosto de ler livros assim... Adorei sua resenha! Me interessei pelo livro! ;)

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Wanessa! Obrigada pela leitura, querida. Mais sobre o De solas e asas e sobre o que tenho escrito após a publicação no blog (www.desolaseasas.blogspot.com) e no Facebook também (http://www.facebook.com/Desolaseasas). Bjo, bjo!

    ResponderExcluir
  15. Interessante... e tem até indicação de trilha sonora? Uau... quando eu publicar meu livro, vou fazer isso... ^^ beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi amiga adorei sua resenha...mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos..acesse o link..www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem..

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?