Resenha - Fios de Outono

“Eu não deveria ter desejado que as coisas fossem diferentes. Tentar mudar o destino de alguém, interferir na decisão da morte, quando era claro que alguém pagaria por minha estupidez.” Já fui uma criança comum, como outra qualquer, mas um dia perdi minha mãe. Foi exatamente nesse dia que as coisas começaram a mudar e que comecei a viver uma vida que ainda acho que não deveria ser minha. Sem saber por que, recebi um dom que seria maravilhoso, e até mesmo proveitoso, se não fosse tão obscuro. Posso mudar meu destino e o de outras pessoas, simplesmente desejando, mas é como dizem, para toda ação há uma reação, e descobri isso da pior forma possível. Agora, para fugir do passado e de todo estrago que causei, vejo-me obrigada a mudar para uma vida completamente nova e que não quero e a reaver uma ligação que há muito tempo deixou de fazer parte de mim. Laços serão refeitos, sentimentos descobertos, revividos e lembranças jamais esquecidas virão à tona, pois parece que o Destino já fez seus próprios planos para Guinevere Rodriguez, maiores do que ela poderia imaginar. Ou desejar para si mesma. “Uma dádiva pode se tornar a pior maldição quando não se respeita uma promessa e essa maldição pode voltar-se contra si mesmo quando se encontra um sentimento maior e mais forte que todos os outros, que ofusca os olhos para tudo, independente de qual seja ele.”

No livro Fio de Outono, a autora Dandara Reis nos apresenta Guinevere Rodriguez, uma jovem de 17 anos que vive na Cidade Maravilhosa - Rio de Janeiro, e, com um Dom - por sinal, nada comum -, ela tem o poder de mudar o Futuro. É, pessoal. Isso mesmo que vocês leram! A jovem Guinevere consegue mudar o futuro! Porém, seu Dom é bem mais forte que ela, no entanto, às vezes ela não consegue controlar, o que resulta em mortes de quem ela tem um certo vínculo. 

Bom, como ela não sabe se controlar, ela vai em busca de sua mãe nos Estados Unidos, para que ela possa ensiná-la - apesar de não ser a vontade da menina. Laura - sua mãe - deixou a pequena jovem, Guinevere, quando ela estava com apenas 8 anos. Desde então, ela sentia raiva de sua mãe. Esse sentimento faz com que ela machuque pessoas, mesmo que involuntariamente. Então, a única forma de prevenir isso, é se afastando delas - o que nem sempre dá certo.

Porém, enquanto ela morava no Rio de Janeiro com seu pai, ela era perdidamente apaixonada pelo belíssimo William, o qual não via há semanas. Até que um dia o viu em meio a uma tempestade, próxima à sua casa, quando ela avistou um carro com as portas abertas  e vazio, quando se aproximou, viu que era de nada mais, nada menos que, seu namorado Will. Assustada com o que poderia estar acontecendo, ela se joga ao rio em busca dele, ou de alguma pista. Até que ela avista ao longe William e sua irmã, presos a um galho para que não se afogassem. Guinevere salva a irmã dele, mas infelizmente ele está morto. Ao chegarem em casa, mais uma surpresa: Seu pai também está morto! 

Já nos Estado Unidos, assim que ela chegou, logo se apaixonou por um belo jovem de olhos azuis - e muito misterioso -, chamado Eron. Ela se rejeitava a ficar e se apaixonar com qualquer garoto que fosse - pelo fato de pensar que estaria, de certa forma, TRAINDO o Will - e com sua morte recente, a jovem, assustadoramente via o espírito de seu amado. A irmã de Eron, Evalgeline, nunca gostou de nenhuma namorada dele, até então, e sempre acontecia algo de estranho com elas. O que isso significa? Será que eles estão prestes à descobrir o que realmente a Guinevere Rodriguez é?

27 comentários:

  1. Nossa, fiquei com vontade de ler agora! Parece ser interessante!

    beijo,
    www.misssainha.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei o blog e as resenhas são bastante interessantes! Já estou seguindo! Beijos

    ResponderExcluir
  3. ameii a resenha esta ótima ^^
    s2hay.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. fiquei com vontade de ler.
    bjuhs e otimo fds.
    http://quecorusar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Gostei... fiquei interessada!

    Beijokinhas e lindo fds!

    Luiza Mallmann
    decorarsustentavel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. uauu texto lindo!

    Beeeijooos

    http://www.youtube.com/blogdareh

    http://re-becah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Fiquei com aquela vontade de ler agora!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  8. Interessante heim... A resenha ficou bem bacana! =D
    Como sempre o blog tá lindo *_*!
    Beijos e sucesso sempre
    Lilo
    Redenção

    p.s: Vamos ter Booktour se tiver interesse dá um tok!

    ResponderExcluir
  9. Parece ser muito legal, ainda não conheçia =)

    Beijocas,

    nossoglamour.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Adorei saber a sua opinião sobre o livro, apesar de eu não conhecê-lo até então. Parecer ser realente bom!!! bjs

    ResponderExcluir
  11. Interessante!


    Tenha uma linda sexta-feira!
    Beijos,
    mundomenininha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Gostei bastante da narrativa do autor. Além disso, a capa, mesmo minimalista, está linda!

    ResponderExcluir
  13. Parece bem bom!

    Um beijo,
    http://www.suavemalicia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Ainn que resenha mais fofa!Adorei \o/ eu não conhecia esse livro o.O kkkk vou procurar saber mais sobre ele.
    Beijokas...
    http://fomesedeevontadedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. me pareceu bem interessante! tb gostei da capa!
    @liligarota

    ResponderExcluir
  16. Obrigada pela passadinha no blog, adorei o seu, amo livros, e ler rs.
    Visite sempre o blog você será muito bem-vinda viu?
    Beijão
    Duda

    http://fashiondudaah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Ola Wanessa, vou ser sincera flor,pela sua resenha o livro me parece bem interessante gosto deste questionamento que ela faz sobre o seu dom, como ela tenta ver toda a situação para não prejudicar ninguém, gostava de ter lido o livro para formar melhor minha opinião, mas me parece ser excelente bjos

    kalyne/misturaquedacerto.com

    ResponderExcluir
  18. Impressionante, nunca tinha ouvido falar deste livro e olha que vivo garimpando gente nova. Sua resenha prova que o que não falta nele é emoção. Por isso mesmo já anotei o nome e quem sabe na Bienal eu não o encontre. Valeu a dica!

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia, mas gostei da resenha (:

    Bjinhos ;*
    Pâm
    http://chiqueatodaprova.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Gostei da resenha! Não conhecia o livro :)

    Beijos
    www.deliriosdegarota.com

    ResponderExcluir
  21. Adorei a resenha, Wanessa! Não conhecia o livro até então. Adoro mistérios... Se você indicou, acho que vou gostar bastante. Vou ver se encontro para comprar na Bienal de São Paulo semana que vem. bj

    ResponderExcluir
  22. Oie, Wan ^^
    não conhecia esse livro é a primeira vez que leio a respeito.
    Pela a resenha parece interessante, vou adicionar no meu skoob

    Beliscões carinhosos da Máh-
    Felicidades nos Livros
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  23. Muito boa a resenha Wanessa! Mais uma vez, obrigada por me ceder esse espaço.
    Sucesso ao blog!
    beijos

    ResponderExcluir
  24. Capa e título muito bonitos.
    Já vi várias histórias em que os protagonistas voltam para mudar o passado, mas isso de mudar o futuro é novo. Interessante.
    bjo

    ResponderExcluir
  25. Vou ter que comprar esse livro, parece ser maravilhoso *--*


    http://sinteticovicio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. O livro parece legal, um pouco doido e interessante rsrs :)
    Gostei.
    Bjs,
    www.idelmaria.com

    ResponderExcluir
  27. Olá amiga! Passei para desejar uma linda tarde de Domingo e um início de semana com muita saúde, paz e sucesso. Quero dizer que neste mundo de blogueiras ( os) foi maravilhoso te encontrar porque para ser amigos(as) mesmo com a telinha nos separando é possível. Como diz Ralph Waldo Emerson)
    A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. “É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você.” Abraços fica com Deus.

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?