Resenha - A Passagem | Justin Cronin

Primeiro, o imprevisível: a quebra de segurança em uma instalação secreta do governo norte-americano põe à solta um grupo de condenados à morte usados em um experimento militar. 

Infectados com um vírus modificado em laboratório que lhes dá incrível força, extraordinária capacidade de regeneração e hipersensibilidade à luz, tiveram os últimos traços de humanidade substituídos por um comportamento animalesco e uma insaciável sede de sangue. Depois, o inimaginável: ao escurecer, o caos e a carnificina se instalam, e o nascer do dia seguinte revela um país – talvez um planeta – que nunca mais será o mesmo. 

A cada noite, a população humana se reduz e cresce o número de pessoas contaminadas pelo vírus assustador. Tudo o que resta aos poucos sobreviventes é uma longa luta em uma paisagem marcada pelo medo da escuridão, da morte e de algo ainda pior.

Enquanto a humanidade se torna presa do predador criado por ela mesma, o agente Brad Wolgast, do FBI, tenta proteger Amy, uma órfã de 6 anos e a única criança usada no malfadado experimento que deu início ao apocalipse. Mas, para Amy, esse é apenas o começo de uma longa jornada – através de décadas e milhares de quilômetros – até o lugar e o tempo em que deverá pôr fim ao que jamais deveria ter começado. A passagem é um suspense implacável, uma alegoria da luta humana diante de uma catástrofe sem precedentes. 

Da destruição da sociedade que conhecemos aos esforços de reconstruí-la na nova ordem que se instaura, do confronto entre o bem e o mal ao questionamento interno de cada personagem, pessoas comuns são levadas a feitos extraordinários, enfrentando seus maiores medos em um mundo que recende a morte.

O livro tem como o tema: vampiros. Mas, não são qualquer vampiros. Se vocês estão pensando que vão encontrar um Edward Cullen em meio essas páginas, estão completamente enganados. Muitos têm receio em ler algo do gênero por esse motivo, ser os "tais vampiros de sempre", mas dessa vez tudo é diferente, desde o cenário, passando pelos variados modos comportamentais, até chegar ao.. sangue, muito sangue e aventura.

No começo do livro, há uma longa introdução que nos permite conhecer um pouco mais dos personagens, fazendo com que possamos enxergar o ponto de vista de cada um, sendo assim, ver quem é a favor e contra esse tal vírus - que vem se propagando a cada dia, e a sua possível cura.

Muitos mistérios e aventura que tomam conta de toda a estória, tornando-a cada vez mais cativante e intensa. 

11 comentários:

  1. Eu li esse. Realmente muito bom. No final fica a sensação de que faltou alguma coisa.
    Não sei se um caminho aberto para uma segunda parte, já que agora virou moda escrever trilogias, pentologias e outras variantes.

    ResponderExcluir
  2. oi quer que eu mostre seu bichinho de estimação no meu blog?é só dizer quantos anos tem,do que ele gosta e mandar uma foto pro meu mail melsouzaa@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Legal saber um pouco mais desse livro,pois eu tenho mais ainda não consegui ler,está na fila mas espero em breve conseguir um tempinho de ler.
    Mas pelo que vc descreve deve ser um livro com um super suspense,pois além dessas anomalias que foram modificadas geneticamente,temo caos em que a população se encontra.
    Um super Abração,
    Alexandra

    http://magiasbook.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oiii..
    Ainda não li este livro, mas já ouvi muitos elogios sobre o mesmo. Bom ler a sua resenha e saber mais sobre ele... Gostei.
    Quero ler em breve..

    Beijoss

    TeLa
    penseiraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Querida Wanessa, ganhei este livro há algum tempo e ele ainda dorme em minha estante. Por mais batido que seja o tema não consigo deixar de gostar. Devoro tudo o que aparece sobre vampiros, com este não será diferente, só estou deixando o tempo passar um pouco. Depois de sua resenha, subiu um pouco em minha lista. Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho esse livro há algum tempo, comecei a ler e parei. Sabe, não gostei da temática no início. Mas pretendo dar uma nova chance ao livro, vai que ele me conquista, não é mesmo?

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  7. Nossa, essa sinopse é de tirar o fôlego. Amei o tema, e embora eu adore vampiros bons e apaixonados os do mal também podem me agradar.

    Beijos

    Amigas entre Livros

    ResponderExcluir
  8. Estou relendo esse maravilhoso livro, e me encantando a cada página virada!

    ResponderExcluir
  9. OMG! Esse livro parece ser muito bom!!
    Já conhecia pela capa, e sabia bem pouco sobre o que falava.
    Mas parece ser bem legal!

    André Luiz
    www.viajandonoslivros.com

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro, mas me lembrou o filme/jogo "Eu sou a lenda". Ação não deve faltar, né?
    bjo

    ResponderExcluir
  11. Oi adorei sua resenha!.. muito obrigado, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?