Resenha - A Cabana

A Cabana é uma obra que todo ser humano deveria ter obrigação de ler, isto porque não é apenas uma história, mas, sim, uma lição de vida de como devemos manter um relacionamento de confiança e harmonia com Deus e o Espírito Santo, ensinando ao leitor quais são os princípios de fé, santidade e julgamento ao próximo.


A obra de William P Young, primeira colocada na lista dos livros mais vendidos nos Estados Unidos, segundo o jornal The New York Times, e segunda obra mais lida no Brasil, ficando atrás apenas de Crepúsculo, é uma verdadeira lição de como mantermos fidelidade e confiança em Deus, mesmo quando seu brilho estiver tremeluzido em nossos corações.

A história gira em torno de Mackenze Allen Phillips, um pai de família totalmente apaixonado por sua esposa, que tem a responsabilidade de educar cinco filhos sem poder falhar, isso porque, em sua infância, Mackenzie passou pelo trauma de ser espancado por seu pai, um homem totalmente entregue ao vício da bebida, e não queria, de maneira alguma, passar a mesma imagem aos seus filhos.

Contudo, em uma viagem bucólica, algo inesperado mudou totalmente o sentido da vida deste homem. Sua filha mais nova, Missy, foi seqüestrada e assassinada por um maníaco de garotas. Em uma incessante procura ,com a ajuda da polícia, por algum vestígio de sua pequena , Mack encontrou o vestido que sua filha usava no dia do sequestro, em uma cabana abandona.

Mackenzie se considerava o verdadeiro culpado pelo ocorrido e entrou em uma depressão profunda, chamada de Grande Tristeza. Este triste período fez com que sua relação com Deus se tornasse algo inexpressível em sua vida, pois o grande senhor nada havia feito para evitar aquela tragédia, e sua santidade havia se tornado um conceito frio e estéril.


Após três anos e meio da morte de Missy, Mack recebe um bilhete com a assinatura de Papai, modo carinhoso que sua esposa usava para se referir a Deus, com a seguinte frase: Já faz tempo. Senti sua falta. Estarei na cabana no fim de semana que vem, se você quiser me encontrar. Papai.
No começo, Mack imaginava que isso seria apenas uma uma brincadeira de mau gosto, todavia não conseguia parar de pensar no bilhete, então decidiu ir até à cabana onde sua filha havia sido brutalmente assassinada.

Depois de fazer uma estafante viagem durante uma noite negrume, Mack chegou à velha cabana e se deparou com o mesmo cenário que havia lhe proporcionado a cena mais triste de sua vida, virou as costas e foi embora, insultando Deus de todas as formas possíveis. Entretanto, um vento forte fez com que ele virasse e reparasse, totalmente aparvalhado, com o cenário mais deslumbrante que já havia visto..

Não acreditando que aquele cenário poderia ser tangível, Mack se aproximou e adentrou-se à cabana. Sem palavras para descrever o que estava acontecendo, o homem encontrou três pessoas dentro do recinto: Deus, Jesus e seu Espírito Santo, todos representados por um estereótipo totalmente diferente que Mack imaginava.
Daí por diante, começa um enredo indescritível, por isso, apenas aconselho todos a lerem esta obra magnífica.

5 comentários:

  1. Olá!
    Primeiro, parabéns pelo seu blog. Otimos textos, e dicas excelents, como esse livro. A Cabana, posso assegurar, mudou muito a minha visão de alguns pensamentos. Obra magnífica mesmo.

    Já estou te seguindo.
    Abraços e quando puder : http://blogdopelarau.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    ainda não li, mas já ouvi falar muito bem desse livro.

    obrigada pela visita no meu blog!
    seguindo aqui também!
    bjo

    http://floresmaquiadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi obridado pela visita!! Parabens pelo blog tambem, textos interesantes! Ha estou te seguindo tambem, sempre que puder, visita o infostartnet que eu retribuo! tchau bjuz!

    http://infostartnet.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Lindo seu blog...já vi ele livro e adorei demais *-*...estou procurando outro livro para ler, já vou ver se aqui encontro algum titulo.
    Obrigado pela visita no meu blog.

    ResponderExcluir
  5. Este livro é ótimo!
    Parabéns pelo seu blog. Estou seguindo também.
    Gostei bastante também porque, assim como eu, vcê tem 16 anos e é uma raridade encontrar blogs tão interessante assim por pessoas da nossa idade. Abraços.

    diogopensamentos.blogspot.com

    ResponderExcluir

O que você achou da postagem?